Todas as coisas contribuem para o nosso bem, é o que lemos nessa passagem e o que nos pode trazer conforto em meio a aflição. Saber que não estamos sozinhos, que tudo colabora para o nosso bem, e que bem maior é estarmos de aguardo com a imagem do filho de Deus? Todo sofrimento enfrentado vale o galardão de sermos a imagem e semelhança Dele.
Qualquer sofrimento e dificuldade que enfrentemos é pouco comparado ao que recebemos como promessa por meio dessas passagens bíblicas. Tudo colabora para o nosso próprio bem, para que sejamos aperfeiçoados, refinados, purificados, amadurecidos, fortalecidos e mais semelhantes ao Filho de Deus. Na bíblia há o caminho para o refúgio nos momentos de pesar. Que o seu sofrimento receba um sopro de alívio, assim como o meu fardo ficou mais leve.

“…Tende grande gozo quando cairdes em várias tentações.”
Sim! Alegre-se, pois são as diversas tentações que produzem paciência por meio da fé. É a oportunidade dada a nós para sermos refinados, lapidados e perfeitos por meio da obra perfeita Daquele que é perfeito e sabe todas as coisas necessárias para que cresçamos e amadureçamos espiritualmente.

O sofrimento nos refina

“Eis que já te purifiquei, mas não como a prata; escolhi-te na fornalha da aflição.”
Como exemplificado nesse trecho, é na fornalha da aflição que somos purificados. É quando nossas qualidades e defeitos submergem e Deus os refina e os elimina. Enquanto estamos na fornalha, ele nos observa a todo momento para que o fogo não nos destrua.

Da mesma maneira que podemos nos inspirar na história de Jó para encontrar esperança. Outras pessoas querem ouvir de nós, sofredores, que há sim uma luz no fim do túnel. As pessoas querem ouvir mensagens de fé e receber encorajamento de pessoas que já vivenciaram o que elas estão passando. Devemos encarar nossas barreiras como oportunidades de aprender, nos achegar mais a Deus, exercitar nossa fé, conhecer o caminho da esperança para ensinar e levar alívio para nossos irmãos que sofrem.

O sofrimento produz intimidade com Deus

“Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te veem os meus olhos”.
Nesse versículo Jó expressa o que ganhou com tamanho sofrimento: conhecer Deus. Porque antes ele O conhecia de ouvir falar, mas agora ele verdadeiramente O conhece!
Provavelmente se somarmos nossas dificuldades não chegaríamos perto do que Jó sofreu. Perdeu filhos, esposa, amigos, seus bens e por fim ficou doente. Sua postura diante de tamanha dor certamente produziu o que alcançaria no final. O sofrimento desse personagem bíblico nos mostra o quanto nos achegamos a Deus diante da dor e do sofrimento e o quanto aumentar nossa intimidade com Ele nos leva mais próximo da sobrevivência e da certeza de uma vida plena e feliz ao fim da escuridão

Salmos 25

A ti, SENHOR, levanto a minha alma.
Deus meu, em ti confio, não me deixes confundido, nem que os meus inimigos triunfem sobre mim.
Na verdade, não serão confundidos os que esperam em ti; confundidos serão os que transgridem sem causa.
Faze-me saber os teus caminhos, Senhor; ensina-me as tuas veredas.
Guia-me na tua verdade, e ensina-me, pois tu és o Deus da minha salvação; por ti estou esperando todo o dia.
Lembra-te, Senhor, das tuas misericórdias e das tuas benignidades, porque são desde a eternidade.
Não te lembres dos pecados da minha mocidade, nem das minhas transgressões; mas segundo a tua misericórdia, lembra-te de mim, por tua bondade, Senhor.
Bom e reto é o Senhor; por isso ensinará o caminho aos pecadores.
Guiará os mansos em justiça e aos mansos ensinará o seu caminho.
Todas as veredas do Senhor são misericórdia e verdade para aqueles que guardam a sua aliança e os seus testemunhos.
Por amor do teu nome, Senhor, perdoa a minha iniqüidade, pois é grande.
Qual é o homem que teme ao Senhor? Ele o ensinará no caminho que deve escolher.
A sua alma pousará no bem, e a sua semente herdará a terra.
O segredo do Senhor é com aqueles que o temem; e ele lhes mostrará a sua aliança.
Os meus olhos estão continuamente no Senhor, pois ele tirará os meus pés da rede.
Olha para mim, e tem piedade de mim, porque estou solitário e aflito.
As ânsias do meu coração se têm multiplicado; tira-me dos meus apertos.
Olha para a minha aflição e para a minha dor, e perdoa todos os meus pecados.
Olha para os meus inimigos, pois se vão multiplicando e me odeiam com ódio cruel.
Guarda a minha alma, e livra-me; não me deixes confundido, porquanto confio em ti.
Guardem-me a sinceridade e a retidão, porquanto espero em ti.
Redime, ó Deus, a Israel de todas as suas angústias.
Salmos 25:1-22

Salmos 55

Inclina, ó Deus, os teus ouvidos à minha oração, e não te escondas da minha súplica.
Atende-me, e ouve-me; lamento na minha queixa, e faço ruído,
Pelo clamor do inimigo e por causa da opressão do ímpio; pois lançam sobre mim a iniqüidade, e com furor me odeiam.
O meu coração está dolorido dentro de mim, e terrores da morte caíram sobre mim.
Temor e tremor vieram sobre mim; e o horror me cobriu.
Assim eu disse: Oh! quem me dera asas como de pomba! Então voaria, e estaria em descanso.
Eis que fugiria para longe, e pernoitaria no deserto. (Selá.)
Apressar-me-ia a escapar da fúria do vento e da tempestade.
Despedaça, Senhor, e divide as suas línguas, pois tenho visto violência e contenda na cidade.
De dia e de noite a cercam sobre os seus muros; iniqüidade e malícia estão no meio dela.
Maldade há dentro dela; astúcia e engano não se apartam das suas ruas.
Pois não era um inimigo que me afrontava; então eu o teria suportado; nem era o que me odiava que se engrandecia contra mim, porque dele me teria escondido.
Mas eras tu, homem meu igual, meu guia e meu íntimo amigo.
Consultávamos juntos suavemente, e andávamos em companhia na casa de Deus.
A morte os assalte, e vivos desçam ao inferno; porque há maldade nas suas habitações e no meio deles.
Eu, porém, invocarei a Deus, e o Senhor me salvará.
De tarde e de manhã e ao meio-dia orarei; e clamarei, e ele ouvirá a minha voz.
Livrou em paz a minha alma da peleja que havia contra mim; pois havia muitos comigo.
Deus ouvirá, e os afligirá. Aquele que preside desde a antiguidade (Selá), porque não há neles nenhuma mudança, e portanto não temem a Deus.
Tal homem pôs as suas mãos naqueles que têm paz com ele; quebrou a sua aliança.
As palavras da sua boca eram mais macias do que a manteiga, mas havia guerra no seu coração: as suas palavras eram mais brandas do que o azeite; contudo, eram espadas desembainhadas.
Lança o teu cuidado sobre o Senhor, e ele te susterá; não permitirá jamais que o justo seja abalado.
Mas tu, ó Deus, os farás descer ao poço da perdição; homens de sangue e de fraude não viverão metade dos seus dias; mas eu em ti confiarei.
Salmos 55:1-23

Salmos 1

Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha.
Por isso os ímpios não subsistirão no juízo, nem os pecadores na congregação dos justos.
Porque o Senhor conhece o caminho dos justos; porém o caminho dos ímpios perecerá.
Salmos 1:1-6

Salmos 103

Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome.
Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios.
Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades,
Que redime a tua vida da perdição; que te coroa de benignidade e de misericórdia,
Que farta a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia.
O Senhor faz justiça e juízo a todos os oprimidos.
Fez conhecidos os seus caminhos a Moisés, e os seus feitos aos filhos de Israel.
Misericordioso e piedoso é o Senhor; longânimo e grande em benignidade.
Não reprovará perpetuamente, nem para sempre reterá a sua ira.
Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos recompensou segundo as nossas iniqüidades.
Pois assim como o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem.
Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões.
Assim como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem.
Pois ele conhece a nossa estrutura; lembra-se de que somos pó.
Quanto ao homem, os seus dias são como a erva, como a flor do campo assim floresce.
Passando por ela o vento, logo se vai, e o seu lugar não será mais conhecido.
Mas a misericórdia do Senhor é desde a eternidade e até a eternidade sobre aqueles que o temem, e a sua justiça sobre os filhos dos filhos;
Sobre aqueles que guardam a sua aliança, e sobre os que se lembram dos seus mandamentos para os cumprir.
O Senhor tem estabelecido o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo.
Bendizei ao Senhor, todos os seus anjos, vós que excedeis em força, que guardais os seus mandamentos, obedecendo à voz da sua palavra.
Bendizei ao Senhor, todos os seus exércitos, vós ministros seus, que executais o seu beneplácito.
Bendizei ao Senhor, todas as suas obras, em todos os lugares do seu domínio; bendize, ó minha alma, ao Senhor.
Salmos 103:1-22